AÇÃO-REFLEXÃO-AÇÃO NO PROCESSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES: DESAFIOS À ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO COLETIVO

Paulo Gomes Lima

Resumen


A ênfase nos desafios da organização do trabalho pedagógico coletivo vai buscar na dimensão da vida social os seus fundamentos, pois por sua natureza o homem é um ser essencialmente social e solicita trocas no seu processo de construção do conhecimento, naturalmente que ele (o homem) não se reduz a uma única dimensão, no entanto, para efeitos deste trabalho estaremos privilegiando esta discussão. Conseqüentemente, não se trata somente de uma aprendizagem do viver juntos, como propõe Delors, mas uma rememoração da natureza humana: a aprendizagem pela convivência, relativizada pela ênfase individualista de uma sociedade capitalista que privilegia o consumismo, o status social, o poder centralizado como diretrizes centrais e valorativas da vida do homem; é neste sentido que o ter sobrepõe-se ao ser em detrimento das interações e das descobertas do homem na luta pela justiça social. A partir de momento histórico este movimento na formação e trabalho docente é caracterizado? E para além desta realidade nos dias atuais, como recuperar ou mesmo reapropriar-se do aprender a viver junto por meio da ação-reflexão-ação, como instrumento de conscientização docente? Tais indagações configuram-se como elementos norteadores deste trabalho num exercício de estudo exploratório.

Palabras clave


Ação-Reflexão-Ação; Formação Continuada de Professores; Trabalho Coletivo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.35305/rece.v0i6.27

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


-------------------------------------------------------

Revista de la Escuela de Ciencias de la Educación
Facultad de Humanidades y Artes (UNR)
Entre Ríos 758 2000 – Rosario (ARGENTINA)

Contacto: revistacseducacion@gmail.com / comiteeditorial@gmail.com

ISSN 2362-3349 (edición electrónica)

ISSN 1851-6297 (edición papel)